Chamas atingiram aproximadamente 25 hectares, o equivalente a cerca de 30 campos de futebol. Bombeiros combatem incêndio perto de Springville, no Utah
Mapleton City Fire Department/Reprodução Facebook
Na tarde de segunda-feira (1º), a polícia prendeu o norte-americano Cory Allan Martin, 26, por causar um incêndio florestal enquanto tentava matar uma aranha com um isqueiro. As chamas atingiram a área de Springville, em Utah, oeste dos Estados Unidos.
Martin foi acusado de causar incêndio criminoso por negligência e de portar maconha e material destinado ao consumo da erva. De acordo com o gabinete do xerife local, o homem esteve em prisão preventiva e foi libertado após pagar fiança de US$ 1.950.
Os bombeiros do estado afirmaram no Twitter que duas equipes e um helicóptero foram mobilizados para conter o incêndio.
Na terça-feira, as autoridades disseram que 90% das chamas já haviam sido contidas e que, até então, o fogo queimara aproximadamente 25 hectares de floresta, o equivalente a cerca de 30 campos de futebol, da base até o topo de uma montanha.

Fonte: G1 Mundo


Compartilhar:

Deixe seus Comentario